Muitos são os equipamentos e utensílios utilizados em diferentes tipos de serviços de alimentação.

São definidos como instrumentos ou ferramentas de trabalho para que seja possível a execução de todos os processos de manipulação de alimentos com agilidade e principalmente com segurança, permitindo a minimização de riscos de contaminação.

Cada um destes equipamentos e utensílios são indicados para atender as necessidades do estabelecimento e para o melhor preparo dos alimentos e o melhor atendimento dos clientes.

Utensílios e equipamentos podem ser contaminantes de alimentos se não estiverem em bom estado de conservação, se não forem higienizados corretamente entre cada uso e se não forem armazenados e protegidos em momento em que não estão sendo utilizados.

Como consultor alimentar é muito importante que você conheça cada um dos equipamentos e utensílios necessários para a manipulação de alimentos e oriente aos seus clientes os melhores materiais, para que seja possível uma boa higienização desses equipamentos e utensílios evitando assim que de alguma forma eles possam causar contaminação dos alimentos.

Vamos conhecer alguns deles?

Os utensílios básicos para o funcionamento de serviços de alimentação são:

  • Pratos: deve ser feito de material resistente, liso evitando assim o acúmulo de sujidades e de fácil higienização.
  • Copos: deve ser feito de material liso, se possível vidro, evitando acúmulo de sujidades e de fácil higienização.
  • Talheres: devem ser feitos de aço inoxidável, sem cabos de madeira ou plástico, liso, e de fácil higienização.
  • Bandejas: deve ser feito material liso, de fácil higienização e em bom estado de conservação.
  • Panelas: os materiais mais indicados são o alumínio e o aço inoxidável, liso para evitar acúmulo de sujidades e em bom estado de conservação.
  • Tábuas de corte: o material mais indicado é o polietileno, pois a madeira não permite uma boa higienização e ainda há o acúmulo de sujidades. Ainda é preciso atenção na higienização destas tábuas e em seu estado de conservação
  • Refratários: devem ser de material liso e de fácil higienização.
  • Cortador de legumes:  deve ser de material inoxidável e estar em bom estado de conservação.

Atenção Consultor

É essencial que você como consultor saiba orientar seu cliente no momento de realizar trocas de alguns utensílios que talvez não estejam mais em condições de uso, ou até mesmo quando for de material de difícil higienização, que permita o acúmulo de sujidades ou até mesmo não seja feito de material apropriado.

Algo muito importante que deve ser observado pelo consultor também é se a quantidade de utensílios atende a demanda de clientes do local.

É muito comum quando há grandes movimentos faltar pratos, bandejas, talheres, copos e taças, causando grande transtorno no atendimento, com atraso de pedidos que precisam destes utensílios para serem enviados para os clientes.

Além dos utensílios básicos há ainda alguns equipamentos indispensáveis para os serviços de alimentação:

Liquidificador, espremedor de frutas, batedeira, processador de alimentos não podem faltar em uma cozinha.

O ideal é que estes equipamentos atendam a demanda do local, ou seja, que estejam disponíveis em número suficiente para atender o movimento de clientes diariamente.

O mais indicado são os equipamentos industriais pois tem maior resistência ao uso diário, tendo uma durabilidade maior, sendo feitos ainda de material de fácil higienização.

Fogão: sem um fogão fica difícil uma cozinha funcionar, não é mesmo?

Existem fogões de diferentes tamanhos e marcas, o ideal é pensar em um fogão que atenda a demanda de clientes do local.

Fornos: alguns tipos de serviços de alimentação usam fornos em seus preparos, como padarias por exemplo.

Quando pensamos em fornos precisamos entender para que finalidade ele será usado e também qual a demanda do local.

É preciso definir ainda qual a quantidade de fornos será necessária para atender essa demanda.

Coifas: equipamento que tem uma grande utilidade pois faz a captação de fumaças geradas por outros equipamentos utilizados no processo de manipulação de alimentos.

Deve ser instalada a quantidade de coifa necessária para fazer essa captação de fumaça que favoreça o conforto térmico dos manipuladores.

Devem ser higienizadas frequentemente e precisa muitas vezes que uma empresa especializada faça essa higienização.

Fritadeiras: muitos serviços de alimentação utilizam fritadeiras, que como o nome já diz são usadas para o preparo de alimentos fritos.

Como em muitos locais a saída de alimentos fritos é muito grande, como por exemplo hamburguerias que tem em seu combo as batatas fritas, uma única fritadeira não é o suficiente para

Refrigerador e Freezer: equipamentos essenciais para a conservação de alimentos prontos ou estocado. 

Devem estar disponíveis em quantidade que atenda o estoque e a área de manipulação dos alimentos, devem ainda estar em bom estado de conservação e funcionamento, para que não sejam contaminantes dos alimentos  e que mantenham o alimento em temperatura segura, evitando assim o crescimento microbiano.

Podem ser horizontais ou verticais, com termostato visível para auxiliar no controle de temperatura.

Balcão térmico: equipamento destinado para conservação segura dos alimentos prontos para consumo.

Podem ser de dois tipos: frio ou quente.

Deve conter a barreira de proteção de vidro entre os clientes e os alimentos para evitar a contaminação física dos alimentos no momento da exposição ao consumo. 

Deve ter termostato também para auxiliar no controle de temperatura.

Existem ainda outros equipamentos mais específicos para determinados tipos de serviços de alimentação, e é preciso que você como consultor conheça esses equipamentos e observe se os mesmos estão em bos estados de conservação, funcionamento e se são suficientes para a demanda do local.

Além disso, é importante orientar o proprietário do local sobre a manutenção preventiva de equipamentos, que além de prevenir que os equipamentos quebrem e causem transtornos nos atendimentos, é uma exigência da fiscalização sanitária.

Para os equipamentos que precisam de uma higienização terceirizada é importante manter essas operações programadas e manter arquivadas as ordens de serviço para verificação do fiscal sanitário.

A higienização de cada utensílio e equipamento deve ser feita de forma cuidadosa, para a remoção completa de todas as sujidade e ainda para que não fique resíduo do produto de limpeza na superfície dos equipamentos e utensílios que possa causar uma contaminação química do alimento.

Conheça ainda alguns outros equipamentos
  • Salamandra: gratinador de alimentos
  • Mesa de apoio: usada nas etapas de manipulação de alimentos para auxiliar as áreas de preparo
  • Máquina de Milk-Shake
  • Chapa para lanches 
  • Chairbroiler: equipamento composta de grelhas para preparo de carnes
  • Banho maria
  • Máquina de Café
  • Moinho de café
  • Pãozeira

Entre outros equipamentos que existem para permitir o preparo dos alimentos de forma eficiente e segura para o consumidor

Você conhece mais algum equipamento para colocar na nossa lista?

Deixe seu comentário abaixo

Mayara Vale

Você gostou deste artigo? Então deixe seu voto abaixo

Equipamentos e utensílios de serviços de alimentação
5 (100%) 1 vote
bannerblog-correto