É do conhecimento de todos que os agricultores utilizam agrotóxicos nas plantações de frutas, legumes e verduras, alegando a inibição de pragas que destroem suas lavouras e prejudicam a sua produção.

O que muitos destes agricultores não sabe são os efeitos destes tipos de venenos para a saúde dos consumidores.

De acordo com relatório divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA), o Brasil é o país que mais faz uso de agrotóxicos no campo, chegando a 1 milhão de toneladas por ano.

Os resíduos de agrotóxicos que permanecem nos alimentos se apresentam em nível superior ao permitido.

E algumas vezes o agricultor utiliza agrotóxico que não é permitido para alguns alimentos.

Doenças Causadas Pelos Agrotóxicos 

Os agrotóxicos são responsáveis por Doenças Transmitidas por Alimentos consideradas de origem química, ou seja, um perigo químico.

Os resíduos de agrotóxicos que os consumidores ingerem nem sempre apresentam sintomas imediatos, mas de forma prolongada pode causar cânceres, problemas neurológicos e má formação fetal, pois esses venenos atuam de forma cumulativa no organismo causando problemas a longo prazo.

O principal perigo dos agrotóxicos são as intoxicações de humanos e até mesmo dos animais.

Já ocorreram casos no Brasil e no mundo de intoxicação de trabalhadores e também de populações.

Casos de Antoxicação Alimentar Devido ao uso de Agrotóxicos em Alimentos

Um dos casos mais famosos aconteceu na cidade de Anniston, no estado norte-americano do Alabama, onde as atividades de uma grande empresa de tecnologia agropecuária causaram a intoxicação de toda população.

A contaminação por ingestão de alimentos com alta quantidade de agrotóxicos pode causar intoxicação com sintomas como: dores de cabeça e alergias.

Preocupada com a segurança do consumidor a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) criou um Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA), que tem como objetivo garantir que as quantidades de agrotóxicos utilizadas nas plantações e nos alimentos estão de acordo com o Limite Máximo de Resíduo (LMR).

 Abaixo segue figura com os alimentos mais contaminados com Agrotóxicos, segundo a ANVISA
Como diminuir a ingestão de agrotóxicos nos alimentos?
Não há muito o que se possa fazer em relação aos agrotóxicos, pois muitos alimentos absorvem o veneno.
Mas com a lavagem é possível reduzir as quantidades de resíduos das cascas de frutas e legumes.
A retirada das folhas externas e de partes com dobras onde o veneno pode se acumular ajudam na eliminação das partes mais contaminadas.
 
Deixar os alimentos de molho no hipoclorito de 15 a 30 minutos e após enxaguá-los bem finaliza a lavagem.
Apesar da preocupação, o Inca deixa claro que as pessoas não devem diminuir o consumo de frutas, legumes e verduras, fundamentais para uma alimentação saudável.
 
Devemos defender a redução do uso de agrotóxicos e o aumento da produção de alimentos orgânicos, para que toda a população tenha acesso a esse tipo de alimento que na maioria das vezes é vendido mais caro nos mercados devido aos cuidados necessários para a sua produção sem pragas e sem venenos.
 
Se você ainda tem alguma dúvida sobre este assunto deixe seu comentário abaixo e compartilhe esse assunto com seus amigos!
Mayara Vale
 site consultado: http://www.ecycle.com.br/component/content/article/35/1448-os-estragos-causados-pelo-uso-de-agrotoxicos-no-mundo.html
Gostou deste artigo? Deixe abaixo o seu voto!
Agrotóxicos nos alimentos: Onde está o agrotóxico na sua mesa?
4.3 (86.67%) 6 votes
bannerblog-correto