CARNE BEM PASSADA OU MAL PASSADA?

No ultimo dia 17 foi divulgado os resultados de um estudo realizado após o surto de toxoplamose ocorrido no inicio deste ano, onde 154 pessoas apresentaram os sintomas da doença após ingestão de carne mal passada, em São Marcos, Rio Grande do Sul.

A Toxoplasmose é uma doença transmitida por água ou alimentos contaminados por fezes de gatos infectados, a carne é um deste alimentos. Apesar de uma gestante infectada poder passar a doença para o feto, a doença não é considerada contagiosa.

carne-mal-passada-1386013418099_956x500

Os sintomas da toxoplasmose são:

Febre, manchas pelo corpo, cansaço, dores no corpo, ínguas espalhadas pelo corpo, lesões na retina, dificuldades para enxergar que podem evoluir para cegueira.

A doença também pode se apresentar de forma assintomática ou provocar casos graves no miocárdio, fígado e músculos.

O cuidado com a manipulação dos alimentos, saber sua procedência e preparo correto dos alimentos, são formas de evitar a doença.

Não foi divulgado em nenhum meio de comunicação a origem desta carne e nem como ocorreu a sua contaminação com as fezes de gatos infectados.

Nem sempre é possível saber se um determinado alimento está contaminado ou não, por isso a atenção no modo de conservação, armazenamento e preparo são muito importantes.

A carne mal passada é uma preferencia quase que nacional, porém ela não recebeu o cozimento correto, ou seja, a temperatura ideal de cozimento para eliminação de microrganismos e parasitas, que podem causar doenças, não atingiu a centro da carne, somente sua superfície, ao ser ingerida, pode causar doenças transmitidas por alimentos.

receita-de-maminha-assada-02

Como a carne deve ser consumida?

O ideal é o consumo de carne ao ponto, ou seja, nem mal passada nem muito bem passada.

A carne ao ponto é aquela que possui o cozimento igual, dentro e fora.

Esta carne irá possuir todos os nutrientes desejados e terá atingido a temperatura de eliminação dos microrganismos e parasitas.

A carne muito bem passada atinge o cozimento além do ideal e começa a apresentar pontos de queima, muitas pessoas gostam dessa característica, porém esse tipo de carne pode começar a formar substâncias cancerígenas que também causam, a longo prazo, doenças em seus consumidores.

file_534cab79da1a6

O consumo de carne é importante para o organismo, saber qual tipo de carne escolher (as magras) e o modo correto de preparo (nada de frituras e cozimento ideal), é importante para satisfazer o cliente, oferecendo um alimento seguro, sem lhe causar danos imediatos ou futuros.

Se você tem dúvidas sobre este assunto deixe seu comentário abaixo e compartilhe com quem tem as mesmas dúvidas que você!

Mayara Vale

Gostou deste artigo? Deixe seu voto abaixo!

Carne bem passada ou mal passada?
5 (100%) 2 votes
bannerblog-correto